Com assinatura do Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) de CRM’s de outros estados, o Conselho Federal de Medicina (CFM) emitiu moção de repúdio à CPI da Pandemia, nesta quarta-feira (2). O CFM resolveu “manifestar sua indignação quanto a manifestações que revelam ausência de civilidade e respeito no trato de senadores com relação a depoentes e convidados médicos no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.”

“A classe lamenta que esses médicos chamados a depor estejam sendo submetidos a situações de constrangimento e humilhação. Ao comparecer na CPI da Pandemia, qualquer depoente ou testemunha tem garantidos seus direitos constitucionais, não sendo admissíveis ataques à sua honra e dignidade, por meio de afirmações vexatórias”, declarou o CFM.

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senad